Morre aos 76 anos, Stephen Hawking, um dos cientistas mais conhecidos no mundo e exemplo de superação

Stephen William Hawking,76 anos, físico e pesquisador britânico, morreu nesta quarta-feira (14) em sua residência na Inglaterra. Um dos cientistas mais conhecidos e conceituados do mundo ao abordar temas como a natureza da gravidade e a origem do universo.

Ele nasceu em 8 de janeiro de 1942 no Reino Unido. Entre suas obras mais populares é a sua tese de buracos negros, onde ele disse que eles emitem radiação. Além disso, ele contribuiu com teoremas sobre as singularidades espaciais temporais na relatividade geral.

Exemplo de superação por ter trabalhado incessantemente mesmo sofrendo por muitos anos à esclerose lateral amiotrófica, uma doença degenerativa.


A comunicado de seu falecimento à imprensa inglesa foi feita por seus filhos Lucy, Robert e Tim  “Estamos profundamente tristes pela morte do nosso pai hoje. Era um grande cientista e um homem extraordinário, cujo trabalho e legado viverão por muitos anos“, disseram em comunicado. A causa da morte ainda não foi divulgada.

um fato interessante é que Hawking nasceu em 8 de janeiro de 1942, exatamente 300 anos após a morte de Galileu, e morreu na mesma data do nascimento de Albert Einstein (14 de março de 1879).

Sua história de vida virou filme em 2014, com o nome de “A teoria de tudo”, que rendeu o Oscar de melhor ator a Eddie Redmayner,  por interpretar Hawking no cinema.